SEGURANÇA DE CICLISTAS

A seguir damos algumas maneiras fáceis de dividir a rua em paz, e acima de tudo, fazer com que os motoristas amistosos continuem assim. Essas dicas são especialmente eficazes para os ciclistas que ainda estão desenvolvendo a confiança, a forma e a habilidade de manejar a bicicleta.


Mantenha a direita


bike01A regra mais elementar de divisão do espaço na rua é também a mais negligenciada. Se houver uma faixa larga e desimpedida, use-a. Tirando os buracos, bueiros, carros estacionados, vidro, cascalho à direita. Uma coisa que sempre irrita os motoristas é um ciclista andando no meio da rua, sem motivo aparente.

 


Use o bom senso ao andar lado-a-lado com alguém

bike02É certamente agradável andar lado-a-lado com uma companhia e conversar. Porém, as condições das ruas e do tráfego podem ocasionar um acúmulo de carros atrás de você que o ultrapassarão perigosamente quando poderiam fazê-lo de modo suave. No geral, é melhor restringir passeios lado-a-lado a estradas secundárias, sem movimento ou em ciclovias.

 

 

MOTORISTA: Cuidado com as bicicletas.

bike03Não "feche" o ciclista!
A bicicleta também tem seus direitos no trânsito. Enquanto não há alamedas especiais para elas, é preciso manter coexistência pacífica. Afinal, motoristas e ciclistas são seres humanos.

E os filhos dos motoristas também gostam de andar de bicicleta. E muitos podem estar nas ruas, agora.

 


CICLISTA: Respeite os motoristas.

bike04É claro que quem anda de bicicleta adquire um equilíbrio perfeito. Mas não exagere: não ande sem as mão; não faça piruetas; não fique ziguezagueando entre os carros; não corra além dos limites de segurança; não provoque acidentes.
Colabore com a coexistência pacífica entre motorista e ciclistas. Colabore para a melhoria do trânsito.


CICLISTA: Respeite os pedestres

bike05Você quer ser respeitado pelos motoristas?
Então, respeite também os pedestres.
Não ande sobre as calçadas. Não avance sinais. Tenha cuidado com as crianças que brincam pelas ruas.
Respeite para ser respeitado



Seja previsível

Mantenha uma linha reta ao passear e use sinais de mão ao virar ou mudar de faixa. Se você andar desordenadamente, é difícil para os motoristas saber quando passar. Eles podem deixar várias oportunidades seguras passar antes de se desesperarem e tentarem uma manobra perigosa.

Sinais de mão é uma gentileza e importante para a segurança.

Os motoristas sentem-se mais seguros com ciclistas que comunicam suas intenções.

Evite ruas movimentadas

É incrível como se vê ciclistas em estradas movimentadas, fazendo provocações a motoristas já nervosos. Uma rota alternativa não precisa ser uma rua residencial com sinais de "pare" a cada quarteirão, ou então uma ciclovia cheia de cacos de vidro e de gente fazendo Cooper.

Examine um mapa de sua área e, provavelmente você encontrará uma rua relativamente quieta que o levará ao seu destino.

Torne-se visível
bike06
Em ocasiões em que os motoristas possam não vê-lo prontamente (um dia nublado, por exemplo) é cortês e de bom senso usar roupas de cores brilhantes. Os motoristas nunca se culparão ao atravessarem seu caminho se você estiver com roupas muito comuns. Injusto, sim; mas você pode aumentar bastante sua segurança vestindo roupas visíveis.

À noite, é outra história. Os motoristas que encontram ciclistas com roupas escuras, sem luzes e refletores, estão corretos em considerá-los uma ameaça.

Cuidado com atitudes provocativas

bike07Com a luz do semáforo vermelha, até mesmo os motoristas amistosos podem irritar-se com um ciclista que fica andando em círculos a sua frente. Muitos consideram isso um desafio ao seu direito de passagem, mesmo se você não fizer com essa intenção. Da mesma forma, se você encostar-se em um carro, tenha em mente que muitos motoristas consideram seus carros como extensões de si mesmos. Você não gostaria que alguém se debruçasse na sua bicicleta não é?

 

Até mesmo pequenos gestos podem ser mal interpretados. Infelizmente, alguns já tiveram más experiências com ciclistas e, por isso, já estão "esquentados".

Retorne o favor

Os ciclistas agradecem pequenos favores inesperados por parte dos motoristas. Por exemplo, sinalizamos nosso agradecimento ao motorista que nos deixa ultrapassá-lo. Tente retornar o favor. Você pode, por exemplo, deixar o motorista fazer uma curva à sua frente. Quem sabe? Esse motorista pode ser mais condescendente com o próximo ciclista que encontrar.

Obedeça aos sinais de tráfego

Provavelmente não há nada que irrite mais um motorista do que ver um ciclista alegremente ultrapassar um sinal fechado, sem ao menos reduzir a velocidade. "Quem aquele cara pensa que é?" , é a reação mais comum e, por extensão, todos os ciclistas sofrem. Se quisermos ser tratados com cortesia e respeito ao motorista, agir como se fôssemos superiores não irá melhorar as coisas. E, pela lei, temos os mesmos deveres que os motoristas. Ao ultrapassar um sinal vermelho ou cometer qualquer infração do trânsito você pode ser multado, portanto dirija a bicicleta como você dirige o carro.

Estas são as chaves para aumentar sua segurança em meio ao trânsito:

· Dirija sempre pela direita. Siga o fluxo do trânsito.
· Seja previsível. Mantenha uma linha reta, mude de direção sem virar e use sinais de mão ao virar.
· Obedeça a todas as leis de trânsito.
· Preste atenção. Use seus sentidos (olhos e ouvidos) para alerta-lo sobre possíveis perigos, a tempo de evitá-los.
· Faça valer seus direitos. Não permita que os carros o force contra carros estacionados ou o meio-fio. Você tem direito à faixa.
· Dirija defensivamente. Fique atento aos carros que aparecem de repente ou viram à esquerda na sua frente. Se você previr o pior ele raramente acontecerá.
· Grite. É a maneira mais eficaz e rápida de avisar a um motorista que ele está pondo você em perigo, ou para alertar um pedestre distraído.
· Manter a bicicleta em condições de uso, verificando periodicamente as regulagens e lubrificações necessárias, nas partes mais sujeitas ao atrito.
· Nunca usar óleo de cozinha (comestível) na bicicleta: em hipótese alguma.
· Jamais trafegue pela contramão, ao contrário que se pensa, os riscos de uma colisão são bem maiores.
· Portar sempre os documentos pessoais, inclusive com condição de problemas de saúde, caso existam.
· As regras de trânsito estabelecidas, devem ser acatadas pelo ciclista, uma vez que não exista uma legislação específica para uso de bicicletas.
· Quando usar a bicicleta, procure vestir roupas leves e coloridas para que o ciclista seja visível quando em circulação. Essa atitude auxilia muito a segurança.
· Prestar muita atenção nos veículos estacionados, pois existe a possibilidade de uma porta ser aberta de forma repentina.
· Cuidado com as grades de respiro e bueiros, colocadas nas ruas. Muitas vezes, o espaçamento entre as barras é grande, o que pode ocasionar sérias quedas.
· Portar algumas ferramentas básicas, ajuda muito (alicate, chave de fenda, grifo, chave inglesa e remendos de pneus). Observando esse detalhe, você nunca vai ficar na rua.
· Portar uma caramanhola (garrafa para uso em bicicleta), contendo água ou energizante, aumenta a autonomia do ciclista.
· Para evitar roubos, leve sempre uma corrente com um cadeado ou trava de segurança, para amarrar a bicicleta num poste ou local mais conveniente.
· Seja sempre gentil e nunca emita palavrões, mesmo em situações desrespeitosas ao ciclista. "Somos" diferentes e a nossa imagem deve ser preservada.

FONTE: CALOI e Multitrânsito





CONTATOS












Notícias de Trânsito

desde 1998 o portal
do trânsito brasileiro